Audiência Pública na Câmara debateu a violência contra a mulher nesta quinta (16) - Rádio Sentinela do Vale

Gaspar / SC
16 de Junho de 2019

Página Inicial Rádio Sentinela do Vale!

Rádio Sentinela do Vale

Programação

Musical Sentinela

13:00h

Musical Sentinela

Ouça Agora

DOMINGÃO SERTANEJO

14:01h

DOMINGÃO SERTANEJO

Na sequência



Audiência Pública na Câmara debateu a violência contra a mulher nesta quinta (16)

17/05/2019 19:39

Na noite de quinta feira  (16), foi realizada uma audiência pública na Câmara de Vereadores de Gaspar. O tema deste encontro é muito atual e com números crescentes no município e em todo o país, violência contra a mulher.

A audiência foi coordenada pelas vereadoras Mariluci Deschamos Rosa (PT) e  Franciele Back (PSDB), autoras da proposição para que o evento fosse realizado com a participação de autoridades e da comunidade. A reunião aconteceu para se debater a violência contra a mulher e a formação de uma rede de atendimento a estas vítimas.

Estiveram presentes o delegado da Comarca Bruno Effori, o comandante da Polícia Militar de Gaspar, major Pedro, a promotora Andreza Borinelli, a coordenadora do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas), Taise de Quadros, o prefeito Kleber Wan-Dall e a primeira dama Leila Wan-Dall, o presidente do legislativo municipal vereador Ciro André Quintino, vereador Chico Anhaia, vereador Wilson Lenfers, alunos do EJA e dezenas de mulheres de diversos bairros da cidade.

Segundo as vereadoras Mariluci e Franciele os números de agressões a mulheres em Gaspar apresentados pela Policia Civil e pela Policia Militar já são alarmantes e a sociedade não pode mais aceitar esta prática.

O Major Pedro, disse que a PM está sempre pronta para atender a qualquer ocorrência de violência na cidade, basta à corporação ser acionada pelo telefone 190. O militar  destacou a importância da Rede Catarina de Proteção a Mulher que já está operando no município e tem apresentado bons resultados.

Já o Delegado Bruno Éffori,  falou sobre a importância da criação  desta rede de proteção a mulher unindo  as polícias, o poder público e toda a sociedade. Dr Bruno enfatizou o trabalho que a Policia Civil vem fazendo no registro de ocorrências e investigações para que os agressores sejam punidos. A delegacia de Gaspar dispõe de uma sala especial para atender as  vitimas.

A Promotora Andreza Borinelli, ressaltou a importância das vitimas denunciarem as agressões e procurarem ajuda, disse também que mesmo a mulher que foi agredida desistindo do processo após fazer as pazes com o agressor o processo prossegue e homem  será punido da mesma forma.

Reportagem: Gil Dias

 

 

Todos os direitos reservados © 2019

| Rádio Sentinela do Vale - Rua São Pedro, 245 - Centro / Gaspar | Telefone: (47) 3332-0783

by SoftD