Gaspar já registra ocorrências devido a chuva das últimas 24 horas - Rádio Sentinela do Vale

Gaspar / SC
02 de Março de 2021

Página Inicial Rádio Sentinela do Vale!

Rádio Sentinela do Vale

Programação

Contatos com a Cidade

08:00h

Contatos com a Cid...

Ouça Agora

Encontro com as Comunidades

11:45h

Encontro com as Co...

Na sequência

Melodia Sertaneja

12:00h

Melodia Sertaneja



Gaspar já registra ocorrências devido a chuva das últimas 24 horas

21/01/2021 15:57

A Prefeitura de Gaspar, por meio da Superintendência da Defesa Civil registra 22 ocorrências devido às chuvas que ocorreram nos últimos dias. Destas, 17 são deslizamentos, três quedas de árvores, uma abertura de cratera e uma ponte danificada no Belchior. Durante a noite de quinta-feira (21) o nível do rio Itajaí-Açu em Gaspar chegou ao pico de 4,51m às 23h.De acordo com a Defesa Civil, não houve registros de alagamentos, apenas a Rua Petúnia, localizada no Bairro Figueira, teve uma “lâmina” de água em via pública, porém não atingiu residências. Conforme a medição efetuada às 9h, o nível do rio segue diminuindo e marcava 4,20m. As medições são feitas agora de três em três horas. A Defesa Civil segue monitorando.Ainda não houve a necessidade de acionar o abrigo temporário. Apenas uma família do Bairro Gasparinho ficou alojada com familiares para prevenção por conta de um possível deslizamento. Por questões logísticas, a Secretaria de Assistência Social prepara o Ginásio da Escola Frei Godofredo, no Bairro Sete de Setembro, para atender as famílias que necessitarem sair de suas casas por questões de segurança. Mesmo com o risco de enchente estar diminuindo, o alerta para fortes chuvas permanece e, consequentemente, o risco de deslizamentos. Por isso, o abrigo segue preparado para ser ativado em caso de necessidade.Por conta do solo encharcado, é importante que o morador fique atento nas movimentações do solo. Caso haja qualquer movimento, como rolamento de pedras, rachaduras, pequenos deslizamentos, erosões, a orientação é ligar imediatamente para o número 199 e, em casos mais graves sair de casa e procurar abrigo.A Superintendência de Trânsito (Ditran) pede a atenção redobrada dos motoristas. Devido à instabilidade do solo encharcado, mesmo ruas com calçamento podem sofrer danos. A Secretaria de Obras e Serviços Urbanos dá suporte para os atendimentos e pede a compreensão da população neste momento. Devido ao solo encharcado e ao grande volume de chuvas, estradas calçadas ou vias não pavimentadas estão sofrendo prejuízos e a manutenção das mesmas fica prejudicada, uma vez que ela só pode ser feita quando o solo estiver estável. Medidas paliativas estão sendo aplicadas e vias estão sendo sinalizadas conforme necessário.A equipe da Defesa Civil realiza o monitoramento constante, além de reforçar os plantões nos próximos dias. O 199 da Defesa Civil segue com os atendimentos, assim como o WhatsApp 99930-4343. A Defesa Civil de Gaspar e a Prefeitura de Gaspar atualizam as redes sociais frequentemente com as informações do momento. Para acompanhar as atualizações da medição do rio e cotas de enchente, a Defesa Civil disponibiliza o site: https://defesacivil.gaspar.sc.gov.br/monitoramento para consultas. O site da Defesa Civil passa por instabilidade por conta do números de acessos simultâneos, mas segue à disposição.

Sobre a Cota de Enchente

   A Prefeitura de Gaspar contratou o levantamento, que começou no primeiro semestre de 2019 com os bolsistas do Centro de Operação do Sistema de Alerta da Bacia Hidrográfica do Rio Itajaí-Açu – Ceops da Furb. Todos os bairros da região urbana da cidade foram visitados e as medições feitas nas ruas do município. Localidades rurais e que nunca foram atingidas por cheias na história não constam desse levantamento. O investimento foi de R$ 278 mil para a elaboração do material.

   O estudo auxilia na prevenção e no planejamento da cidade. Servindo de produto para a população e facilitando o acesso a informação dos gasparenses com a ajuda do portal exclusivo da Defesa Civil. Com a ferramenta, será possível atualizar em tempo real a medição dos rios e as previsões da situação de cada bairro de Gaspar. Antes do projeto, toda a informação sobre as cotas eram adquiridas de forma empírica, não sendo feitas correlações entre os locais atingidos e o nível do rio.

   Com a pesquisa, a população e a Defesa Civil poderão adquirir informações precisas, prevenindo desastres maiores com danos materiais ou a vida. Além disto, o trabalho auxilia no planejamento da cidade com mais informações para a execução de obras de drenagem, obras de contenção ou pontes que precisam de melhorias.

***Informações atualizadas às 10h do dia 22 de janeiro de 2021

Fonte: PMG

 

Todos os direitos reservados © 2021

| Rádio Sentinela do Vale - Rua São Pedro, 245 - Centro / Gaspar | Telefone: (47) 3332-0783

by SoftD