Mesmo zerado leitos de UTI para Covid-19 seguem ativos em Gaspar - Rádio Sentinela do Vale

Gaspar / SC
28 de Novembro de 2021

Página Inicial Rádio Sentinela do Vale!

Rádio Sentinela do Vale

Programação

DOMINGÃO SERTANEJO

16:30h

DOMINGÃO SERTANEJO

Ouça Agora



Mesmo zerado leitos de UTI para Covid-19 seguem ativos em Gaspar

22/10/2021 17:48

Com o avanço da vacinação em massa, a taxa de ocupação dos leitos de UTI vem caindo em todo o estado. Gaspar, que chegou a ter 100% dos 20 leitos de UTI ocupados por longos períodos, zerou o número de pacientes internados em estado grave do Covid no Hospital de Gaspar. Blumenau, umas das cidades mais atingidas, está com apenas 12 pacientes da cidade na UTI. Com os números cada vez mais favoráveis, o governo estadual iniciou o processo de inabilitação de partes dos leitos de UTI, incluindo em Gaspar.

    Atualmente, o Hospital de Gaspar conta com 10 leitos bloqueados e 10 leitos ativos de UTI COVID. Segundo explica a diretora administrativa da instituição, Fabiana Massari, “o processo de inabilitação dos leitos acompanha a curva da pandemia. A vacinação tem mostrado o resultado esperado e os casos graves diminuíram drasticamente. Logo, o desmonte do aparato para a pandemia, incluindo as UTIs, que já fazia parte do planejado estadual, é algo esperado”.

    O processo de inabilitação iniciada pelo governo estadual prevê que parte, ou a totalidade, dos leitos que se encontram bloqueados em todo o estado sejam desativados. O presidente da comissão interventora do Hospital de Gaspar, Jorge Pereira, explica que a instituição e a administração municipal aguardam a definição do Secretaria de Saúde do Estado. “Caso o processo de inabilitação se confirme, iremos adequar a estrutura de UTI do hospital e iniciar o processo de implantação dos 10 leitos permanentes”, reforça Jorge Pereira.

     Cada leito de UTI tem um custo de manutenção diária de cerca de três mil e quinhentos Reais. Mesmo sendo de responsabilidade do Estado, a maior parte dos custos das UTI é bancada pela Prefeitura de Gaspar (R$1.900,00) e o restante pelo Governo Estadual (R$ 1.600,00). Com a inabilitação dos leitos, os repasses financeiros, exclusivamente para custeio destes leitos, também irão cessar.

Município e Hospital de Gaspar buscam leitos permanentes

    Enquanto o governo estadual estuda os próximos passos para o combate a pandemia, o Hospital de Gaspar e a administração municipal avançam na luta pela implantação da UTI permanente no município. O processo iniciado pela Secretaria de Saúde do Município já está sob análise nos órgãos competentes.

     De acordo com o prefeito Kleber Wan-Dall, a intenção é conseguir que a implantação dos leitos definitivos aconteça antes da inabilitação completa dos leitos de UTI Covid pelo Estado. “Sabemos que foi uma vitória a implantação dos leitos de UTI para a pandemia, mas não podemos deixar a população desassistida quando tudo isso passar. Já temos a estrutura física e financeira para as UTIs definitivas garantidas, aguardamos agora da liberação do Estado para seguir avançado e confirmar as unidades de tratamento intensivo para a nossa cidade”, conclui Wan-Dall.

Fonte: PMG

Todos os direitos reservados © 2021

| Rádio Sentinela do Vale - Rua São Pedro, 245 - Centro / Gaspar | Telefone: (47) 3332-0783

by SoftD