Motorista embriagado é preso após atropelar e matar duas mulheres na SC-355 - Rádio Sentinela do Vale

Gaspar / SC
14 de Dezembro de 2018

Página Inicial Rádio Sentinela do Vale!

Rádio Sentinela do Vale

Programação

CAFE COM JOTA

05:05h

CAFE COM JOTA

Ouça Agora

Jornal Sentinela

07:00h

Jornal Sentinela

Na sequência



Motorista embriagado é preso após atropelar e matar duas mulheres na SC-355

08/08/2018 09:05

O motorista de 35 anos, preso em flagrante após atropelar e matar duas jovens na SC-355 em Catanduvas, no Oeste catarinense, na madrugada de segunda-feira (6) foi indiciado por homicídio culposo na direção de veículo automotor com o agravante de estar embriagado. Levado para o presídio de Joaçaba, ele pode ser solto se pagar uma fiança de R$ 10 mil, mas não dispõe desta quantia. As vítimas foram sepultadas na manhã desta terça (7).

Diana Freislebem, 26 anos, e Marizete Rama, 23 anos, foram arremessadas por cerca de 50 metros e morreram na hora. Grisa confessou ter bebido cerveja, o que foi comprovado pelo teste do bafômetro.

Conforme o advogado Marco Antônio Vasconcellos Alencar Júnior, que defende o indiciado, ele voltava de uma confraternização na zona rural quando ocorreu o acidente.

"O local não tem iluminação, a via não tem acostamento, é estreita e ainda tem um guard-rail, o que impede o uso de outro espaço além da pista. Ele não viu as duas meninas, não chegou nem a frear. O juiz entendeu que ele estava em flagrante delito. Se condenado, pode pegar de 5 a 8 anos de prisão", explicou.

O juiz José Adilson Bittencourt Junior determinou que Grisa poderia pagar fiança e ser solto porque não possui antecedentes criminais e não há elementos nos autos que demonstrem que ele representa risco à ordem pública, à instrução criminal ou à aplicação da lei penal, porque ele tem endereço conhecido, profissão lícita, e o crime não ofendeu a ordem econômica.

Vítimas

Diana foi velada e sepultada em Catanduvas na manhã desta terça. Ela deixou três filhos, de 1, 7 e 9 anos.

O corpo de Marisete foi enterrado no interior de Catanduvas. Ela deixou um filho. Conforme a família das vítimas, elas eram amigas e voltavam de uma festa quando foram atropeladas.

Fonte: G1 Santa Catarina
Link de Origem
Revisão e responsabilidade do site 

 

Todos os direitos reservados © 2018

| Rádio Sentinela do Vale - Rua São Pedro, 245 - Centro / Gaspar | Telefone: (47) 3332-0783

by SoftD