Polícia de SC usará reconhecimento facial na segurança de praias - Rádio Sentinela do Vale

Gaspar / SC
15 de Abril de 2021

Página Inicial Rádio Sentinela do Vale!

Rádio Sentinela do Vale

Programação

CAFE COM JOTA

05:05h

CAFE COM JOTA

Ouça Agora

Jornal Sentinela

07:00h

Jornal Sentinela

Na sequência

Programa Contatos com a Cidades

08:00h

Programa Contatos ...



Polícia de SC usará reconhecimento facial na segurança de praias

19766278178recMD.jpgCâmeras de monitoramento com um sofisticado sistema de identificação visual irão ajudar a polícia de Santa Catarina a realizar a segurança nos principais balneários do Estado.  Ao custo de R$ 7,5 milhões, o projeto deve ser aplicado em sete cidades litorâneas até o final do ano. Primeiro sistema do tipo a ser implementado no Brasil, o projeto foi apresentado nesta terça-feira em Florianópolis pelo secretário de Turismo, César Souza Júnior.

O sistema de captura de imagens analisa em tempo real as características faciais das pessoas, mesmo em ruas ou em meio a eventos, e permitirá identificar foragidos da Justiça ou pessoas dadas como desaparecidas. As câmeras, usadas pelo FBI e em grandes cidades americanas após uma série de atentados terroristas, devem ser usadas em Santa Catarina primeiramente no terminal rodoviário de Florianópolis e no Aeroporto Internacional Hercílio Luz.

"O sistema permitirá identificar autores de crimes ou mesmo aqueles que se encontram foragidos, através do reconhecimento por intermédio de um banco de dados", disse o secretário Souza Junior. Ele citou o fato de Santa Catarina ser um dos principais destinos turísticos do país para justificar o investimento do Fundo de Turismo em equipamentos de segurança. "O bom lugar para se visitar é aquele que é um bom lugar para se viver, com atrativos, serviços e principalmente segurança", afirmou.

Denominado ForçaTur, o trabalho integrado entre a polícia e o setor de turismo ainda propõe o uso de tecnologia para identificação de placas de veículos nas principais vias do Estado. Câmeras de monitoramento irão realizar o trabalho em tempo real, captando a identificação de veículos. As primeiras serão instaladas nas pontes que ligam o continente à ilha de Florianópolis. "Com isso, vamos impedir que autores de crimes ou carros furtados deixem a ilha", disse Júnior.

A ação tem como objetivo coibir a violência contra turistas em Santa Catarina. As câmeras e os softwares de identificação serão instatados nas cidades de Balneário Camboriú, Laguna, Itapema, Navegantes. Palhoça, Bombinhas e Penha. O número de policiais que irá atuar nas centrais de monitoramento chega a 750, segundo o secretário de Segurança Pública, César Grubba. Em caso de reconhecimento de foragidos ou de veículos roubados, um alarme é disparado instantaneamente para a Polícia Militar.

A intenção é usar a nova tecnologia na próxima temporada e em eventos com grande aglomeração de pessoas, como a Oktoberfest, Carnaval e até mesmo em jogos de futebol.

 

Fonte : terra.com.br

Foto: Fabrício Escandiuzzi/Especial para Terra

Todos os direitos reservados © 2021

| Rádio Sentinela do Vale - Rua São Pedro, 245 - Centro / Gaspar | Telefone: (47) 3332-0783

by SoftD